Você já sabe que tecnologias de Computação em Nuvem devem nortear os negócios nos próximos anos, certo? De acordo com o Gartner, os investimentos das empresas brasileiras em Nuvem vão alcançar US$ 20 bilhões até 2020.

Além disso, você também já sabe que a Nuvem de Microsoft é uma opção segura para qualquer tipo e tamanho de negócio. O Azure protege dados e informações sensíveis, oferece recursos contra ameaças e possui uma ampla gama de certificados internacionais de conformidade.

Então, você já sabe que é o momento de migrar para a Nuvem, mas ainda assim tem receio de fazer essa mudança? A grande pergunta para muitos profissionais nesse caso pode ser: É necessário migrar todos os dados da empresa para a Nuvem de uma só vez?

Para Roberto Prado, diretor de computação em Nuvem da Microsoft Brasil, a solução ideal nesse contexto é a adoção da Nuvem híbrida. “Esse cenário é muito comum. Se você comprou um equipamento de rede nos últimos dois anos, por exemplo, esse equipamento ainda não está depreciado e não faz sentido deixar de usá-lo. Basta ir migrando gradativamente aquilo que não faz mais sentido manter ali”, afirma Prado.

É isso mesmo. A Nuvem híbrida é uma combinação do ambiente público – como o Azure – com o ambiente privado, que é desenvolvido e dedicado a uma única organização. Esse tipo de computação é um modelo vantajoso para companhias que querem manter a estratégia de segurança e privacidade das suas informações e, ao mesmo tempo, ganhar em performance, escalabilidade e disponibilidade.

A Nuvem híbrida ainda traz uma série de outras vantagens para pequenas e médias empresas, como flexibilidade, otimização da segurança, agilidade, corte de custos com novas estruturas físicas e atualizações automáticas. Confira o e-book elaborado pela Microsoft com uma visão geral dos motivos pelos quais uma abordagem de Nuvem híbrida pode ser o seu melhor caminho para a Nuvem e saiba como ela permite que você otimize seus ativos existentes.

Lembrando que você pode fazer essa mudança aos poucos e ir testando as ferramentas e funcionalidades que melhor se encaixam no modelo dos seus negócios.

A ideia principal é permitir que as empresas utilizem as vantagens de cada modelo de acordo com as suas necessidades. E é exatamente isso o que a Microsoft e a LGTi querem: que você tenha liberdade de escolha para trabalhar com a tecnologia que mais te agrada.

Conheça o Microsoft Azure:

 

Texto retirado do Blog Microsoft PME Brasil
Não perca tempo! Preencha o formulário e tire suas dúvidas!
Receba a newsletter da LGTI

Receba a newsletter da LGTI

Insira seu nome e email para receber nossas mensagens sobre tecnologia.

Seu email foi cadastrado com sucesso!

Pin It on Pinterest

Share This