© 2018 Todos os direitos reservados - LGTi Tecnologia

Qual o papel do monitoramento na estratégia de Cloud?

July 10, 2018

Uma estratégia cloud deve garantir que a TI ajude a aumentar a eficiência das operações e não pode se limitar à resolução de problemas, ou seja, deve prever eventos, reduzir custos e maximizar o uso da tecnologia. Há tempos essa estratégia envolve bem mais que apenas a configuração correta da infraestrutura de informática e o guia de procedimentos em casos de falha de equipamentos e sistemas.

 

Agora, as equipes de TI devem estar atentas ao monitoramento de sistemas e aplicações, garantindo o funcionamento e evitando ao máximo períodos de indisponibilidade. No entanto, quem é da área sabe que a garantia de que um ambiente estável não é uma tarefa fácil. Para isso, é preciso prever o monitoramento no ambiente cloud de modo a otimizar o ambiente na nuvem e melhorar continuamente a performance, reduzindo assim os custos.

 

Estratégia de Cloud

 

 

Ao se falar em cloud, uma das preocupações recorrentes entre os CIOs é a respeito da segurança de dados e do desempenho. O medo é até justificável: uma experiência ruim ou lentidão no acesso à nuvem pode comprometer completamente os resultados dos negócios.

 

Cada vez mais complexo, o ambiente vem gerando uma certa falta de visibilidade para identificar problemas que afetam a performance de serviços e impactam o usuário. Esses desafios demandam um novo plano para o gerenciamento de desempenho. E é exatamente aqui que a gestão e monitoramento da nuvem entram como fatores relevantes para a manutenção dos negócios.

 

Em caso de falha no acesso a servidores ou aplicações, a empresa precisa estar ciente no exato momento e agir o mais rápido possível. Daí a importância do monitoramento constante da nuvem. Conexões lentas com o servidor ou mesmo a perda de documentos se não causam paralisação total no trabalho, podem produzir impactos financeiros negativos e reduzir a produtividade.

 

Importância do monitoramento na estratégia de cloud

 

Imagine uma instituição financeira com instabilidade em seu ambiente baseado em Cloud durante uma semana. O resultado desse descaso pode ser a perda de milhões de reais. Tudo por causa da falta de compreensão e visibilidade dos erros no sistemas em nuvem. O monitoramento ajuda justamente nisso: na identificação de onde estão as falhas, por que ocorreram e como solucioná-las rapidamente. As falhas estão na infraestrutura, na aplicação, no código, na rede, no banco de dados?

 

Uma estratégia consistente de gerenciamento que seja capaz de monitorar todas as aplicações na nuvem é fundamental para manter um ambiente altamente complexo e dinâmico disponível.

 

Existem monitoramentos simples que se resumem a rotinas ou inspeções automáticas de sistemas. Porém, há modelos mais complexou que envolvem testes físicos para avaliação de performance do sistema ou aplicação.

 
Indisponibilidade dos sistema

 

O “downtime”, ou indisponibilidade, é uma dor de cabeça diária em muitas empresas. De acordo com estudo realizado pela consultoria norte americana Forrester, 34% dos profissionais de TI passam por problemas de indisponibilidade todos os dias. O tempo em que o sistema fica “parado” tem custo: uma hora de downtime chega a custar entre US$ 10 e US$ 1 milhão.

 

Benefícios do monitoramento

 

O monitoramento da nuvem traz vários benefícios e por isso está ganhando espaço nas empresas justamente. Além de evitar grandes períodos de improdutividade, ao incluir o monitoramento na estratégia de cloud da sua empresa, você vai perceber outros benefícios, tais como:

 
Rapidez para identificar falhas

 

Uma falha repentina pode comprometer toda a operação da empresa. Com o monitoramento, é possível identificar o problema rapidamente, o que possibilita a solução do erro de forma consistente e ágil.

 
Correção preventiva

 

Imagina poder identificar falhas quando elas ainda mostram seus primeiros sinais? Isso é possível e permite que sua equipe corrija o mau funcionamento do sistema ou aplicação antes que haja o agravamento que possa gerar um problema maior.

 
Investimento otimizado no ambiente de TI

 

Ao enxergar tendências do seu ambiente, há a possibilidade de projetar a demanda, prevendo os recursos que serão utilizados futuramente. Dessa forma, você terá a garantia de que o orçamento realmente será aplicado no que é necessário.

 

A prática de monitoramento não tem volta: as empresas finalmente estão amadurecendo suas estratégias na nuvem e já sentem a necessidade de gerenciar de maneira mais sofisticada tal ambiente.

 

E sua empresa? Colocou o monitoramento na estratégia de cloud? Comente!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square